domingo, 8 de novembro de 2009

Galo no Divã: Atlético MG 1 x 3 Flamengo

(Você deve notar que não tem mais tutu e dizer que não está preocupado Você deve lutar pela xepa da feira e dizer que está recompensado Você deve estampar sempre um ar de alegria e dizer: tudo tem melhorado(...) )

Não dá pra dizer que apesar de tudo estamos na briga. Pela tabela sim. Mas o acontecido é inaceitável. Pareceu um tanto o ADC. Se lembrarmos um pouco de todo percurso do FEF, o adjetivo mais utilizado por aqui foi Mediocridade. Outras coisas entraram em campo, como a displicência, o medo, os erros, os velhos maus hábitos...
E como é típico do torcedor, há que se encontrar culpados. E serei taxativo. A culpa é do Borusso., que postou o 22° coment. De acordo com a mandinga do Tom, os pitacos deveriam ser ímpares. Hehe!

Quem está alçando vôos mais altos?

Carini: Deu bobeira no primeiro gol (tudo bem que tinha o feltri na frente). Continua bem pelo chão.
Carlos Alberto: Cansei de chover no molhado. Em 4 jogos não aprenderá a cruzar.
Werley: Atuou bem, mas no mano a mano, tá fraco.
Benitez: Continua melhorando. As aparições no ataque são melhores que a dos antecessores.
Thiago Feltri: Pior do mundo no primeiro tempo. O único foi acerto foi com o pé que não é bom (????).
Jonílson: Desbaratinado o jogo inteiro.
Renan: O velho Renan. Lerdo.
(Evandro): Entrou e fez o que sabe. E vocês sabem o que isso quer dizer.
Correa: Em queda livre.
(Serginho): Fez muita força, em vão. Agora, parece que não joga mais (deu na rádia aqui que parece ser outra lesão nos famosos ligamentos).
Ricardinho: Paradão demais pro meu gosto. Mas ainda assim, um dos poucos ligados no jogo.
Éder Luis: Sem vontade nenhuma de jogar. Poderia ter ficado em casa.
(Renteria): Sem condição nenhuma de jogar. Poderia ter ficado na Colômbia.
Diego Tardelli: Lucidez e vontade de sempre. Produção abaixo da crítica.

Celso Roth: O AK dissera certa vez que Culpado é quem contrata. Já estamos muito bem servidos de contratações. Culpado agora é quem escala. Pos em campo um time lento, medroso e com raríssimas exceções, com gana de vencedor.

O time começou partindo pra cima e as expectativas eram boas. Mas a dificuldade em finalizar já era visível. O gol prematuro, inesperado, incomum, foi um baque daqueles. Em certos momentos até pareceu que o time teria condições de reverter a história, mas aí os jogadores foram se denunciando. Éder queria a própria morte. Correa não acertava um passe (e no final errou um gol sem goleiro). Tardelli não finalizava. Os laterais eram os de sempre. E os volantes deram um buraco em que Maldonado entrou sem dó nem piedade. Saímos com 2 de prejú.

Segundo tempo. O gol logo de cara não foi nada mais que aumentar a ilusão construída por toda a semana. Não, não estávamos próximos de virar o jogo, caminhando para a tão esperada (e necessária) vitória. A diferença mínima no placar não incentivou o time a ter mais disposição, ser mais criativo e partir pra cima. Para completar, as substituição de nada adiantaram. A monotonia tomou conta do jogo até que a apatia do nosso setor defensivo fez um convite irrecusável para o Imperador que se igualou ao nosso matador. Mas a igualdade foi ruim mesmo pra nós - no fim das contas, placar de 3 x 1 pra eles... 3 gols e 3 pontos para os urubus.

Na coletiva o presidente disse que Estamos a 3 pontos do líder. Quem está a 3 pontos do líder ainda está no páreo. Será?
É verdade, todo mundo da parte de cima da tabela deu bobeiras diversas ao longo do certame. Mas não quero saber do parâmetro que vem de fora da Cidade do Galo. Lá dentro é que a coisa aperta.

(...Você merece, você merece Tudo vai bem, tudo legal... Comportamento Geral. Do Gonzaguinha ou da nação alvinegra?)

16 comentários:

Eliana disse...

Não foi pela primeira vez que deixamos de matar quando éramos melhores e acabamos por morrer. Mais uma vez tudo conspirando a favor e só o próprio time jogando contra si. Sei não, não consigo entender essa fragilidade emocional que faz o time dar pra trás na hora do pega pra capar. Desta vez nem deu pra suar, apenas pra blafesmar mais e mais. Fico pensando se essa reprise infinita de pisadas na bola não seria evitada se houvesse alguém mais competente no banco, aliás depois de mais esta, não sei mais nada. Perdi o bonde e a esperança... Mas como dói.

Afonso Pena¹³ disse...

PAU NO BORUSSO!!!!





Carini: Meu pé atrás ta cada dia ficando MAIS atrás....


Carlos Alberto: HORROROSO, ta explicado pq eu prefiro o Coelho?

Werley: Atuou bem, mas no mano a mano, tá fraco.[2]

EXATAMENTE.


Benitez: Pra mim não fedeu nem cheirou, atuação razoável.

Thiago Feltri: ÔOOOOOO O CÂNCER VOLTÔOOOOOO.

O verdadeiro e autentico AVENIDA.

Jonílson: tapiou a massa (neste jogo).

Renan: CÂNCER AVANÇADO (grau especial).


(Evandro): HAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHAHHAHA

Vou rir pra não chorar dessa figura.

Correa: Péssimo jogo, completamente inconstante.
quase me bateram no 9 quando disse ...''GRAÇAS A DEUS QUE TIRARAM ELE!''



(Serginho): apagado.

Ricardinho: apagado nos ultimos jogos, hj n foi diferente, apesar do Gol....nada de mtu brilhante (como lhe é peculiar, ser brilhante)....to começando a ficar preocupado.

Éder Luis: bebeu 20 litros de Seleta antes do jogo.

(Renteria): candidato seríssimo a CÂNCER.

Diego Tardelli: Lucidez e vontade de sempre. Produção abaixo da crítica.[2]

perfeito, acompanharei.

Celso Roth: TEIMOSO D+ (com qm será???), mas n influenciou diretamente no resultado da partida.


Márcio Lacerda : até q enfim foi uniformizado pro Estádio eim Marcim peruca???

Herberth Mendes disse...

Pô Borusso!

Acavalha não sô. he he he!!

De novo ao vivo, o Renteria é bem mais do que horrível.

O Renan devia marcar o Pet, hã hã.

3 pontos nessa altura do campeonato é uma montanha de pontos.

Tô mais preocupado é com os que tão chegando...

@##**$#@# e ainda desperdicei meu domingo.

Tom, hoje mais prá Toimmm.. disse...

Nietzcheniano Borusso: yo creo sí en brujas, y que las hay, las hay!
Gus e Avenida: ambos os dois, da mais pura perfeição!
Eliana: mas, como dói...
E no mais, precisamos de mais, muito mais.....

Jason Urias disse...

Acompanha a Eliana. A dor maior é perceber que a dificuldade é interna, que o time não consegue vencer a si próprio quando mais precisa.

Talvez esta dificuldade seja sintoma de time sem gana de vencedor, como disse o Gus. E este é o meu maior medo. Pois não adianta somente qualidade técnica se não se tem vontade, ambição pela vitória.

E, Beth, é isso aí. Três pontos agora valem muito mais que isso.

Tom disse...

No programa meia bomba da TV Minas o Paulo Roberto Prestes disse alguma verdades e de forma indignada.
1) que no primeiro gol o Carini rinha que sair com tudo, q aquela bola é do goleiro sem discussão.
2) respondendo sobre a ausência "fatal" do M. Araújo, êle foi cabal: " Nunca ví o MA jogando bem contra grandes times, ele se sobressai apenas contra os medianos e pequenos e some contra os times maiores.
3) não se vê no Galo aquele ou aqueles jogadores que crescem nos momentos decisivos, ao contrário, se encolhem....
Digo eu: pois é, é o tal do famoso e decantado " emocional".
Eu continuo crendo que o Roth com seus fantasmas passa isto para o grupo, como faz tempo que venho falando aqui: " O medo de perder tira a vontade de ganhar".
E sobretudo falta no grupo aquele jogador que poderia subverter isto - achei que o Ricardinho seria este homem , mas até o momento não é isto q estamos vendo.
Mas ainda continuo depositando a culpa no Borusso, afinal alguém tem q ser o culpado....hehehe.

Borusso disse...

Mea culpa.
Se serve de atenuante, torci pra fazerem o comentário #23, só que ngem chegou a tmpo.

Dessa vez discordaria da Eliana. Pco após o Gol Olympikus do Dejan o moço na Tv destacou que o time do Galo se recupera fácil emocionalmente. No que ele fez esse comentário passei a prestar mais atenção e o time mostrou um ímpeto realmente e buscou empatar.
Ao 'cabar o jg concluí que os Urubus foram superiores tecnicamente mesmo.

-- ¡FUERA RENTERÍA!
-- VOLTA LECY BRANDÃO!


Sempre bom ouvir o Paulo Rob. Prestes que viveu um pco dos duelos com o Fla. Só que este tb se encolheu em 87, ao ser xpulso por fazer falta no Zico.
Concordo com ele no entanto, que o Carini tb falhou.

Breno disse...

"Se grito resolvesse, porco não morria
É preciso que tudo mude pra que tudo continue igual..."

Lastimável o ocorrido nesse domingo. Tudo parecia conspirar, e provamos do nosso própio veneno. No dia 11/10/08. Maraca 81mil, e a festa fora alvinegra graças ao excesso de confiança do time mandante. Não é que depois de um ano o Galo cai na mesma armadilha. O ar de superioridade e de confiança foram os nossos maiores adversários. A chance de subir ao topo causara tonteira por falta de oxigenação nos míseros cérebros. E mais uma vez a rodada ajudou a que madrugou, hei de ver Flamengo campeão. Brincanagem.

Gus Martins disse...

minha maior decepção com o Ricardinho nem foi por não ter exibido um futebol brilhante - que aliás, nem esperava tanto que fizesse -, mas por n~/ao ter conseguido impor aquele espírito de vencedor que contagiasse o time...

Mamute disse...

Eu só quero ver quem o AK vai dispensar no final do ano. O galo perde jogos cruciais e você vê nas entrevistas os olhos do c* falando que tá bem, que tá na briga ainda, que num sei o quê. Eu como todo bom atleticano, creio que ainda terminaremos essa joça em 6º (pelo fato do 7º estar um pouco mais distante, senão caía mais).
Esse campeonatao era do galo, era só fazer a parte dele, não precisava contar com ninguém, mas parece que ser derrotado e pipoqueiro passou a ser uma característica de quem põe os pés lá na cidade do galo.
E insisto: vaga na libertadores pra quê? Pra ser eliminado na 1ª fase? O galo não tem time nem pra ganhar o brasileirão (que tá fácil d+ esse ano), imagina isso aí na libertadores?
E só lembrando a vocês: as meninas já estão a 2 pontos da gente, o galo tá guardando a vaga pra elas.

Mamute disse...

Em tempo: adoro os comments do Avenida no 'galo do divã'. Só que tem um problema Sr. Avenida: certos jogadores não podem ser considerados câncer, pois o câncer evolui...

Jason Urias disse...

Uai, e num é que é mesmo!?!?

Gus Martins disse...

É, Mamute... mas o câncer sempre evolui pra acabar com tudo que está próximo. E no final destruir a vida de alguém.

Acho que Renans, Feltris, Evandros da vida têm cumprido bem essa função.

Pra nossa sorte, a diferença é que se o AK passar a faca no fim do ano, o câncer vai embora (mas como tem mostrado nosso vice presidente da república, ele sempre volta... aff)

Borusso disse...

Pode crer! Mamute foi no ponto!
Nesta 2ª em que celebramos os 20 Anos da Queda do Muro o Kalil deu indícios que vai pular o alambrado da Cidade do Galo, cortar a cerca e ir atrás dessa turma, cancerígena ou não, pra dar um pito neles.

Tom disse...

Eu ainda ponho a culpa no Roth e continuo afinado com o discurso do Profexô Luxemburgo:" O medo de perder tira a vontade de ganhar".
Só depois é que entram os "cânceres", que aliás todo time tem lá os seus, mesmos os campeões.
Só que num grupo onde há um discurso digamos "realisticamente confiante" estes tumores regridem ou se tornam assintomáticos.
Este discurso me parece que falta no Galo.
Não há entre o grupo uma confiança recíproca. Uma noção realista de seus limites e possibilidades.
Aí, todo mundo fica entregue aos medos do nosso "profexô".

Gus Martins disse...

Concordo Tom, por isso subverti a frase do AK na "análise" sobre o Roth.

Mas meu irmão comentou uma vez que um presidente (acho que o do SP) falou que não se pode ter um cara ruim no elenco. Se tem, acaba pondo pra jogar... hehehe

O problema é que o Roth os põe desde sempre... e até sempre...