terça-feira, 10 de agosto de 2010

Pitacos Sula: Galo x Grêmio Prudente

Belo Horizonte (Dear Prudence, won't you come out to play?) - Uma coisa não tem nada a ver com a outra. O descabeçado Werley mostrou mais sensatez fora de campo do que dentro dele, propriamente, lembrando onde o problema deve ser atacado.

Verdade. Mas, como sugere o comportamento do Werley, não adianta discursar incessantemente fora das quatro linhas e dentro delas, deixar a apatia ditar as regras.

Amanhã é o dia. Não há outra opção. O Prudente com técnico ou sem ele, com o Tardelli ou sem (o que não tem feito muita diferença, é verdade...), o negócio é ganhar. "Meio a zero" é goleada.

E, pra mim, vai ser mesmo. 1x0.

10 comentários:

Daniel Martins disse...

2x0, sem comentários

Jomar disse...

Meio a zero. Arredondando pra cima 1 X 0.

Jomar disse...

Para descontrair (ou chorar):

E agora Kallil?

O jogo acabou,
O Fogo pegou,
A Massa sumiu,
A cabeça esfriou,
e agora, Kalil?
e agora, Você?
Você que trouxe o Técnico de nome,
que ganha dos outros,
você que nos convoca,
que ama protesta,
e agora, Kalil?
Está sem torcida,
está sem discurso,
está sem prestígio,
já não pode vencer,
já não pode falar,
sorrir já não pode,
a Massa esfriou,
a vitória não veio,
o gol não veio,
o riso não veio,
não veio a revanche
e tudo continuou
e tudo caiu
e tudo zebrou,
e agora, Kalil ?
E agora, Kalil ?
Sua firme palavra,
seus instantes de angústia,
sua gula e jejum,
sua confiança,
sua esperança,
seu time,
sua incoerência,
nossa decepção - e agora ?
Com a culpa na mão
quer resolver o problema,
não existe solução;
quer entrosamento do time,
mas o entrosamento não vem;
quer ir para Libertadores,
Vitórias não há mais.
Kalil, e agora ?
Se você gritasse,
se você chamasse,
se você xingasse
os jogadores do Galo,
se você pensasse,
se você conversasse,
se você vencesse…
Mas você não vence,
você é duro, Kalil !
Sozinho no Galo
qual presidente,
sem teoria,
sem resposta
para nos convencer,
sem entrosamento
que reverta esse quadro,
você marcha, Kalil!
Kalil, pra onde?

* Releitura do poema E Agora, José? de Carlos Drummond de Andrade por Júlia Bárbara

Breno disse...

Kakakaka
Boa Jomar...
E para colocar uma pedra no caminho... tasco 4x1 pra eles... Já vi esse filme antes...

Tom disse...

Falaste e disseste Jason!
Idem , idem o Jomar.
Eu não tenho nada a dizer.
Balbucio, 1 x 0.

Tom disse...

Prá nôsco, é cRaro!

Gus Martins disse...

Amanhã promete! Chuva de gols!

1 x 1
Tamo fora!

*JOmar, esta merece uma associação livre. Amanhã se a net aqui tiver mais amigável, transfiro pra lá...

Jason Urias disse...

Podexá gus, transferirei, pq pensei a mesma coisa! hehehe

Marcelo Vargas disse...

2x0 - Neto Berola e João Pedro.

elianA disse...

Nesse caso, prudência e caldo de galinha serão um desastre, mas não creio em milagres: 1x1, que, fosse outro o técnico, seria defenestrado sem mais delongas.