sábado, 2 de abril de 2011

Rapindinhas: Os Canecos - do troféu ao chopp

Mas eu me pergunto... serão mesmo bem utilizados no "futuro"? Não adianta nada ganhar torneios nas categorias de base e quando chega no profissional colecionar um bando de enganadores (Lembrando aqui dos 'craques' Renanzim e Tchô, dentre tantos outros). Que a conquista anime os jogadores e instigue a competência administrativa.

Quando tava se acertando, ficou de fora por suspensão e agora machuca. Ô zica!

Meu caro, você não entendeu bem o que o comandante falou. Não adianta nada falar que tem vontade. Tem que mostrar. E o primeiro passo é a disciplina de atleta. Cuidado com o corpo. Já ouvi blá blá blá demais de Tite, Ricardo Guimarães, Ziza, Luxa, pra ser obrigado a ouvir um gordo falar bobagem.

2 comentários:

cassia disse...

Respondendo à primeira frase do post: nunca serão! (como diz o capitão nascimento).Que os moleques ficam animados não ha duvidas, mas a insistencia do AK em repatriar velhos e desertores ao inves de valorizar a prata da casa é irritante.

elianA disse...

Estamos cometendo o mesmo erro do ano passado: estamos às portas do brasileirão e não temos um time definido, assim, fica mais difícil dar chance pros moleques. Quanto ao DC, li que um dos comentaristas da Itatiaia o acusou de passar noitadas bebendo e frequentando pagode. Aí, não tem quem dê jeito.