sábado, 21 de maio de 2011

Galo no Divã: Atlético MG 3 x 0 Atlético PR

("Vai começar o futebol,pois é,
Com muita garra e emoção
São onze de cá, onze de lá
E o bate-bola do meu coração
" )

Como nosso time não é o do Pixinguinha, o placar não foi 1 a 0. Mas 3.
Estreamos bem e por dois motivos. O primeiro, mais óbvio, começa com o adversário. O Atlético Fake é um time fraco que não chegou a ser páreo para o Coxa hora nenhuma no estadual e, do lado de cá, com todos os defeitos, o Galo é bem superior em organização e elenco. O outro motivo é que em campo o Galo soube sê-lo.
Os três nomes do jogo.
Renan Ribeiro: Seguro, mas pouco exigido.
Patric: Tomou muitas bolas nas costas no primeiro tempo. Lento e só no segundo tempo tentou atacar (mal).
Réver: Preciso nas intervenções, inclusive nas bolas aéreas.
Werley: Mostrou segurança e bom posicionamento na área.
Leandro: Fraco em todas as tentativas de fazer alguma coisa.
(Gilberto): Meio estabanado, mas estreou muito bem e fez desarmes importantes.
Filippe Soutto: Titular absoluto que justifica a posição a cada desarme e passe preciso.
Richarlysson: Muito mal no primeiro tempo, perdido demais e doido pra espancar alguém. Melhorou no segundo, principalmente quando foi pra lateral.
Toró: Melhor que o Renanzim (hehehe). Jogou bem fora da posição e foi bem além do esperado.
(Bernard): Não chegou a ser uma ameaça para a zaga paranaense como se esperava.
Giovanni: Determinante para tudo de positivo que aconteceu do meio pra frente.
Magno Alves: Não deixou a peteca cair e fez o que sabe de melhor. Posicionar bem e finalizar.
Guilherme 'popô': Aguardo por sua estreia. (na rádio disse que foi 70%. Fiquei com medo. 30% a mais não justificará o investimento nem a expectativa).

Dorival Júnior: Armou bem o time (considerando que o Renanzim não podia jogar) e soube dar um gás quando se acomodaram.

Os primeiros minutos foram um pouco de lá e cá mas sem nenhuma ameaça real de qualquer lado. Com o tempo fomos tomando o controle e fazendo valer a superioridade. Mas havia dois defeitos sérios no sistema ofensivo. 1 - Os meias muito isolados dos atacantes. Aí o único recurso que funcionou apenas uma vez foi usar o lançamento nas costas. Graças à visão e técnica do Giovanni, do mal posicionamento da defesa adversária e do bom posicionamento do Toró, o volante chegou na cara do gol e não perdeu. (Um tempo depois até viria a perder outro, mas tá perdoado pela partida que fez e pelo quique da bola que o enganou). 2 - Em consequência da distância dos jogadores, em vez de os meias avançarem, os atacantes é que recuavam e quando a bola chegava aos seus pés, não conseguiam entrar na área. Mas, graças a tentativas de fora da área, principalmente com o Magnata, no escanteio o artilheiro veterano guardou o primeiro de cabeça.
Diferente do que eu previ, a construção da vitória não foi nada suada. Mas nem por isto a defesa deixou de se mostrar vulnerável em uma série de situações. Credito isto principalmente à péssima colocação do Rick e da ruindade e lerdeza tradicionais dos laterais. Felizmente, o centro avante é o Guerron e a dupla de zaga esteve bem.

No segundo tempo, os fakes tentaram ameaçar, mas minuto a minuto a incapacidade técnica ficava mais visível. O Galo passou a pecar então por achar que estava tudo ganho e não querer mais. Os jovens devem aprender o quanto antes que, diferente do Mineiro, quando um placar de 2x0 contra os perebas do interior é quase garantia de vitória, no Brasileirão mesmo contra equipes inferiores isto não quer dizer nada. O DJ sabe disto e começou a mexer no time. Os ataques voltaram, as oportunidades de gol também. Infelizmente, quase todas desperdiçadas. A exceção foi um quase replay do segundo gol. Outro escanteio, outro cabeceio do Magnata, fatura liquidada. Cabia mais, mas o time foi econômico.

Estou cada vez mais certo da teoria que criei para o Bueno no Mineiro. O DJ teimava em escalar porque ali podia entrar qualquer um (e ele não jogou em nenhum dos 3 clássicos) e queria se certificar de que o cara não prestava pro brasileirão. Mas o fator Renan Oliveira ainda me faz ter dúvidas dessa teoria. Pelo mesmo argumento, a eterna promessa também já deveria estar de fora (não por contusão). 
Apesar deste fato, e com a torcida de que o fexô leve o Leandro, acho que teremos melhor sorte do que no ano anterior. Nos dois casos começamos com um elenco muito bom no papel. A diferença é que ano passado, apostamos e demos carta branca a um falido treinador travestido de manager. Este ano começamos com alguém que tem lido jogos e ajeitado equipes como ninguém. Sem me iludir com título, que não virá, vamo que vamo!

42 comentários:

Tom disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tom disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tom disse...

Considerations, tions.
Toró: era 8 e 10 de origem ainda no Flu, por um milagre da engenharia reversa foi transformado em 5.
Giovani: me lembrou os lançamentos do Cerezo, o do gol e uma invertida de bola no segundo tempo, para o Patrick-trick. Temo que estejamos diante de um portento. Medo bom ....
Guilherme Popozudo: os doutores da Itatiaia viram outro jogo, mas tem crédito.
Gilberto: gostei da antecipação , acho q dará caldo.ùtilpro elenco , mas creio q irá surpreender.
Soutto cada dia mais solto. Putz!
Marquinhos Cambalho-ta-ta: caprichou no penteado e só.
Dorival: tá armando o time com cara de Galo. Marcação "murdida" e rapidez na saída de bola do meio pra frente.
Mesmo q os fakes sejam um time fraquíssimo o Galo mostrou um desenho bem nítido do q poderá vir a ser.
PERGUNTA: alguém poderia me dizer quem foi o jogador que fez o "cruzo" para o terceiro gol?
Foi o Soutto não foi?
Gradecido.

Tom disse...

Ps , os comentários excluídos foram o mesmo q psotei de forma corrigida.
Quando postei a versão correta ela replicou, daí duas exclusões.

Gus Martins disse...

O Cambalhota foi tão inútil que até omiti na resenha... huahuahua
Acho que foi o Souto sim. O Giovanni mandou o escanteio pra trás e ele cruzou...

Fredy7L disse...

Bom como previa, se fosse o CAP de Pompéu daria mais trabalho, mas como foi o do Paraná foi mole prá nós! - quase ganhei o TMDR!!!
O adversário é fraco, mas o que me deixou contente, e foi notório para todos é que o Galo ganhou o jogo convencendo e fazendo uma boa partida, esse ano teremos mais tranquilidade, só que a massa precisa apoiar a garotada mas sem cobrar o título por agora, vamos ter paciencia, isso é um esboço de um grande time para o próximo ano se as peças permanecerem - agora mantendo a regularidade quem sabe nos surpreendemos no fim do ano com uma vaga na Libertadores???

Tom disse...

Na minha opinião o Fredy7L ganhou sim o primeiro troféu Mãe Dinorah da temporada.
A sacada do Atletico Pompeano foi na mosca.
TMDR nele!

Gus Martins disse...

Além de tudo o Fredy largou na frente sendo o único a emplacar 2 pts.

Breno disse...

Porra de Terra Santa-PA - Aqui só se fala em Flamengo, Bostafogo e Vaixco.
Então por meses ficarei ausente nos comentários, mas presente nas leituras.

Boa vitória essa do Galo que não nos engane!

Eliana disse...

E nem tomamos gol!!!

Daniel Martins disse...

E nem tomamos gol!!! [2]

Foi um ótimo jogo, o oponente ajudou na façanha, mas se antes jogavamos contra nós mesmos antes de contra os outros, as coisas estão melhorando.

Tom disse...

E o Magnânimo Alves ainda desperdiça um gol para presentear o Giovani e o Toró assustou com a bola , desacostumado q está em ver o gol frente a frente.

Tom disse...

E não levamos gol com o Werley na zaga!

# Carliinha disse...

Não se deixem enganar pelo sabor da vitória, é só o começo, falta muito ainda...

Mas o quanto é bom não tem como negar! Começar com o pé direito e, principalmente a cabeça do Magnata, não é todo dia...

Ps.: por que os comentários eram mais movimentados durante o estadual? Era saudade mesmo de ver aquele futebol sofrido mas que fazia o coração bater mais forte ne?!

Beth Souza disse...

Jogando em casa e contra um Ventinho (Furacão???), vencer era o mínimo.
Ainda temos muito gramado pela frente,mas a estréia foi boa. E sem tomar gol!!!

Jason Urias disse...

Gente, longe de querer ser 'estraga prazeres', mas no ano passado também começamos com vitória sobre o vaxxco (http://migre.me/4BUBP). Logo depois, sabugo do Grêmio Prudente, 4x0.

Claro que há diferenças gritantes entre o início de '10 para este, mas ainda é preciso observar o Galo passo-a-passo, "jogo-a-jogo".

Tom disse...

Jason, ano passado contra o Vaxco o futebol apresentado foi sofrivel, ontem pelo menos foi um início promissor , apesar da fraqueza do projeto de clone curitibano.
Lembrando sempre q segundo Millor Fernandes "ritiba' em Tupi-Guarani quer dizer "do mundo". A piada valeu ao Guru o título de persona non grata em terras "ritibanas".

Tom disse...

#Carlinha minha linda, o campeonato está apenas começando.
Quem viver verão.
Ps: concordância correta segundo as novas normas promulgadas pelo Mec.

Tom disse...

Promuladas não, estimuladas.

Jason Urias disse...

Exato, Tom. Há diferenças, como disse. Mas o tempo na militância alvinegra ensinou que é preciso esperar. Infelizmente.

Tomara que o DJ consiga fazer a moçada entender esta lógica e projetar o objetivo no próximo jogo. Num dizem que é de grão-em-grão que a galinha enche o papo? Então. Que o Galo encha de 'jogo-em-jogo'.

Por falar nisso, oc viram o Luxa soltando das suas, já? http://migre.me/4BWcc
Tsc... tsc... tsc...

Fredy7L disse...

enquanto o luxa segue em seu projeto, continuo com a opinião de que "quem gosta de projeto é arquiteto"

Tom disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tom disse...

Um risco a menos, Gilebrto Silva foi pro Grêmio. Ufaaaaaaaaaaaaaaaa...

Eliana disse...

É claro que a torcida prefere títulos dentro de campo, mas, para quem era alvo de gozação também pela indigência financeira, não deixa de ser um alento: http://bit.ly/mAf9Fb

Beth Souza disse...

Se for com Renanzim, "quem viver, chorará". Mas confio que o DJ não é insano e pode, sim, levar o time a fazer uma boa campanha. Campeão? Não, mas torço para que fiquemos melhor que em 2009.

Beth Souza disse...

Eliana, o que me preocupa é a exigibilidade (ai) da dívida. Quando o cobrador bate à porta, a primeira medida é desfazer dos ativos mais valiosos.

Eliana disse...

Isso se no Brasil alguém pagasse as dívidas, né? De qualquer forma, se o Kalil não surtar, a tendência é dinheiro atrair dinheiro... Acho que tem um Perrela atleticano, quem sabe não toparia dar umas dicas de contratação? Não poderia é chegar perto do cofre, a julgar pelos irmãos (rs).

Tom disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tom disse...

Este FEF é pirante.
O Beth Souza é o "nosso" bom e velho Beth?
O bom filho à casa tornou?

Tom disse...

Pq será? Quase toda hora meus comentáios estão replicando?

Tom disse...

No creo en los números, pero que los hay, los hay.

Tom disse...

Ô Borusso!
Contribói ai fí.
Nóis ganhemo sô.

Beth Souza disse...

De fato, ninguém paga 100 mil, 500 mil, mas 500 MILHÕES??? Espero que a equação não seja: atrair dinheiro = vender elenco.
Ei Tom, lamento desapontá-lo. Aqui é a velha e gostosona Beth do Gus.

Tom disse...

Decepção alguma Beth, bom saber q o Gus tem uma Beth, uai!

Tom disse...

Em tempo é q se não me engano , e eu me engano muito , o Herbeth era chamado aqui tb de Beth , não?

Tom disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Beth Souza disse...

Sim, ele era e ainda é chamado de Beth também. Anda meio sumido, u mininu.

Gus Martins disse...

É, O Beth sumiu e depois de muita falazada A bETh resolveu aparecer.

Gus Martins disse...

Ah, se tava dando tilt nos coments era mais uma traquinagem do senhor gúgou...

Tom disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jason Urias disse...

Até que enfim A Beth resolveu dar as caras por aqui mais consistentemente, digamos assim... hehe

Bem vinda, Beth.

Eliana, a impressão que tenho com esse blábláblá todo que se tem feito em torno do galo é que daqui a pouco as coisas se encaixam, falando do futeboR.

Há algum tempo nós temos dito aqui no FEF que este atlético de hoje tem procurando se equilibrar em bases (mais) sólidas (que as anteriores) e que isso uma hora tinha (e tem) que dar em alguma coisa.

Mas, como diz o texto, o Galo tem nos retribuído mais com esperanças do que com alegrias e isso tudo nada mais é do que esperar que o futuro seja mais generoso conosco.

Paciência a gente já provou que tem de sobra...

Tom disse...

Só o FEF é capaz de ter "O" Beth e a Beth.
Então eu não tô tão ruim assim não.