sexta-feira, 17 de julho de 2009

SFSF: 11ª Rodada

(Sociedade Futebolística das Segundas, também é das Sextas-Feiras)

Isso mesmo! Agora que não há torneios paralelos (até que comece a Sulamericana), a Sexta-feira também é dia de ir pro bar, colocar as cartas, porções e cervejas na mesa. Continuemos com as elocubrações sobre o mundo da bola!

Os resultados... para nós:
Coritiba 2 x 1 Grêmio - Bom.
Goiás 0 x 2 Avaí - Bom
Santos 3 x 3 Barueri - Bom
Santo André 1 x 1 Atlético PR - Bom
Internacional 4 x 1 Fluminense - Ruim
Flamengo 1 x 2 Palmeiras - Ruim
Corinthians 4 x 3 Sport - Ruim
Náutico 1 x 1 Vitória - Bom
Atlético MG 2 x 0 São Paulo - Excelente
Cruzeiro - x - Botafogo - Torço pra que seja 0 a 0 em agosto.

Podemos dizer, diante desta análise simplória, que a maioria dos resultados foi boa. Porém, os que foram ruins, foram ruins mesmo. Contudo, isto já era de se esperar, uma vez que os ruins foram os triunfos de times bons que estão na nossa cola.

Retomo aquele assunto: Acho que é um consenso de que aquela equipe dos sonhos, o verdadeiramente grande, competente e estável não existe no brasileirão. Mas, de tempos em tempos este espírito se encarna em uma ou outra equipe e, durante algumas rodadas, põe medo nos demais.

Penso que hoje as equipes mais próximas do ideal de time/elenco de qualidade são Internacional - que tem aí 3 ou quatro destaques, além de uma promessa; Corinthians - Com um Craque Gordo, mas Craque e um time arrumado, com o mesmo treinador há anos; Cruzeiro - Apesar da colocação, destaques nos lados opostos - Kleber e Fábio e também um time arrumado há um bom tempo.

Por outro lado, as equipes que têm demonstrado encarnar e conseguir sustentar o espírito necessário para um grande clube são: Palmeiras - depois da crise tem se mostrado consistente e competente, com um elenco e estrutura bastante equilibrados; Vitória - Grupo unido, atrevido em campo e, apesar das invenções do(s) treinador(es), têm mantido um padrão ofensivo de dar gosto; Barueri - Apesar da minha desconfiança, tem conseguido sustentar aquilo que no fim das contas é o que interessa - o resultado. Então, toda cautela é pouco. Provamos disto. Atlético MG - Nós temos um grupo que está a fim de desfazer aquela péssima imagem construída e reproduzida ao longo dos anos. Um treinador que tem conseguido tirar o melhor de cada um e fazer isto virar um time. Estes 4, mesmo sem craques, metem medo por saberem (ou pelo menos aparentarem) o que querem dentro de campo e dentro da competição.

Os demais terão que se esforçar demais para conseguir alguma coisa. São Paulo, sem o mesmo elenco, treinador e brilho, para driblar a crise, nada fácil. Flumegalomaníaco tropeçou nas pernas e talvez a patrocinadora seja mais útil como plano de saúde para por o time das laranjeiras na enfermaria do que pra injetar dinheiro. O Mengo é o mengo. Faz um barulho danado e dá no que dá. O Grêmio pode até recuperar. Mas, inconstante como foi no gaúcho, na libertadores e está sendo no brasileiro, não dá.

Falei demais. E aí?

5 comentários:

Borusso disse...

[8)]Sigo plenamente a análise do Gus!

Pra mim o título é do Cth, Inter ou Palm. Um desses três.

Raposa tem elenco e alto cash das últ. vendas, só que na Tabela felizmente já distanciou.

Tom disse...

Tá tudo muito madrugada ainda, o sol nem ameaçou raiar.
Ainda temos um tela com alguns rabiscos esboçados e dentre eles eu confio nos que revelam o traço da história amargurada do Roth em razão de muitas pancadas, desconsiderações e rotulações que sempre é alvo
Roth aprendeu que cada partida do brasileirão é jogo para ganhar e não para jogar , como diria o multilusitano Zé Mourinho.

Felipe disse...

Não sei se conseguirei pitacar no tópico específico pois vou trabalhar este fim de semana quase todo. Então paroveito pra pitacar por aqui mesmo, espero que seja válido.
3 a 2 pro Galo, desta vez um pouco mais sofrido.
Abração
Felipe Dutra

Tom disse...

Aproveito o post para pedir uma sugestão:como diria o "vossos presidente" o HuLulalá, estou num "dilama" danado.
Sempre acho q qdo a Grobo transmite em sinal aberto jogo do Galo , ela dá o maior peso.
Daí estou pensando seriamente em sacrficar minha audiência e ansiedade em ver o esférico estufando o barbante bahiano e passar os angustiosos 90 minutos num radin véio e de pia q tenho aqui e q de vez em qdo faia, mas acerta mais q a poderosa.
Cartas para a redação, please.

Herberth Mendes disse...

Concordo com sua análise Gus. No MOMENTO é isso aí. Corínthians, Inter e Marias estão bem montados e entrosados. Apesar do Mano Menezes não dar pinta disso, tomara que a vaga garantida na Libert. relaxe o timão. Torço também pro Palmeiras ser fogo de palha e voltar a mostar a irregularidade anterior. Que as Marias repitam o Flu ano passado (acho difícil). Apesar dos tropeços recentes, o Inter é baita time. Mas ainda é muito cedo pra bater o martelo.