quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Galo no Divã: Santa Fe 1 x 0 Atlético MG

("Got debts to pay in Santa Fe
It's judgment day in Santa Fe
" Hehe.. de novo JBJ)

Não foi nem entediante nem 0 x 0.
Risco Calculado ou erros em demasia?
Embora entenda a tática defensiva, não era bem aquilo que deveria ser executado. Felizmente deu certo.
A bola aérea não nos aterrorizou. Efeito DJ.
Renan Ribeiro: Coloquem a classificação na conta dele!
Diego Macedo: Errou todos os dribles. Ajudou na defesa.
Cáceres: Tranquilo e mais bem posicionado do que de costume.
Jairo Campos: Muito afoito, cometendo faltas e arriscando outras.
Lima: Não comprometeu.
Fernandinho: Teve vontade de jogar, mas passando do meio campo não produzia.
Alê: Sentiu a falta do Zé.
Diney: Perdido que nem cego em tiroteio. Melhorou no segundo tempo.
Mendez: Pior em campo. Péssimo na aramação e no passe.
Neto Berola: Não apareceu como deveria.
(Jheimy): Movimentou bem e arriscou boas jogadas,
Ricardo Bueno: Não fez nada além do que costuma fazer. (na substituição eu tinha mudado de canal. custei pra saber no lugar de quem o Fabiano entrou).
(Fabiano): Deu um gás na defesa, o que já estava acabando.

O Galo começou o jogo como se já estivesse aos 35 minutos do segundo tempo. Todo mundo na linha de meio campo e, na zaga, só chutão. Acredito que a tática defensiva não deveria ser bem assim. De posse da bola, era enrolar o quanto pudesse para tirar a atitude do adversário e aproveitar o tempo sem maiores desgastes. Em vez disto, sofremos uma pressão monstro nos primeiros 20 minutos. Aí tivemos alguns fenômenos. Um gol adversário. O bandeira rouba pra nós e assinala impedimento inexistente. Várias tentativas por parte dos atacantes e meias, incompetentes como eles só e sem pontaria. Os que acertavam a meta, esbarravam no grande goleiro que variou entre boas defesas e incríveis milagres. Depois de um tempo a coisa foi se acertando, o apetite do adversário diminuiu e as ameaças cederam. Pararam de chutar a gol e resolveram chutar nossos atletas. Ainda contamos com um lance bizarro protagonizado pelos laterais que cobraram uma falta ridícula nos pés do adversário que num contrataque fatal matou do coração a torcida deles.

Para o segundo tempo, bastava repetir a descrição acima. Com duas ressalvas. Não houve o lance bizarro e não houve a roubada do bandeira. Então, o gol do segundo tempo valeu. Placar final.

Time desentrosado, jogadores inferiores aos demais, em sua maioria, altitude, vantagem construída na primeira partida, etc. Essas coisas contribuiram para o que vimos ontem, mas ficou provado também que precisamos o quanto antes da volta dos que estão no DM. O próximo adversário é o Palmeiras. E, caso não possamos jogar de igual pra igual com eles, seria melhor ter perdido a vaga ontem mesmo. Não dá pra jogar contra o verdão com o time que entrou em campo ontem. Mas aguardemos o clássico que definirá um monte de coisas...

6 comentários:

Jason Urias disse...

Se jogarem contra o porco como jogaram ontem, a sacola vai ficar cheia.

Pra mim, o Fernandinho foi o melhor em campo simplesmente por ter sido o mais lúcido, o que parece ter entendido melhor o tipo de jogo que deveria ter sido praticado ontem.

O Diney simplesmente não existiu e, de duas, uma: ou ele está jogando completamente fora de sua posição - qdo. foi jogar na direita ontem é que ameaçou aparecer no jogo - ou ele é um jogador muito mediano.

Agora, pelamordedeus!, que goleiro esse menino! Não só pelas defesas mas, principalmente, pela personalidade. A comida de r*** q ele deu no Jairo (e tb no Jheimy) por ter feito bobagem foi de veterano pagando pra junior! Metade dos méritos por ter acertado a zaga vão para o Dorival e a outra, para o Renan, que dá uma baita segurança pros beques.

Temos goleiro "pra mais de metro"...

Tom disse...

pois é, valeu a contenda ....rsrsrsrsr
Concordo com o Gus:"Não dá pra jogar contra o verdão com o time que entrou em campo ontem. Mas aguardemos o clássico que definirá um monte de coisas..."

Gus Martins disse...

Jason, durante um bom tempo eu quis "dar o titulo" de melhor em campo pro Fernandinho. Ele só pecou nas jogadas do meio pra frente ( que na verdade foi mais culpa do grupo) e não tinha como comparar com o que fez o Renan... mas concordo com a descrição dele.

Tom disse...

Este Eltinho do Avaí seria uma boa, lateral esquerdo.
Insisto no Moacir q joga na direita e tá sem clima no Corintians.
Só pra registrar, anota ai.....rs.

Jason Urias disse...

Pois é, Gus. Não foi nem por ter jogado bem que acho que ele foi o melhor em campo, mas pq foi o que tentou jogar com inteligência. Quase nunca conseguiu, mas tentou.

E, espia só, pra mim ele foi o melhor naquele jogo horroroso. Em outras palavras, foi o menos pior. hehe

Tom, não tenho visto jogos do avaí. O Moacir do Curíntia tem sido muito criticado lá em SP. Mas, tem aquele negócio, né, o Tardelli tb era muito mal visto...

Marcelo Vargas disse...

Não se preocupem. Este Galo da Colômbia, definitivamente, não é o que vai enfrentar o Palmeiras. Podemos até perder (o que é bem provável), mas vai ter luta e futebol. Esse time que viajou pra se classificar não treinou e metade dos jogadores não tinham condições físicas pra atuar, ainda mais na altitude. O Palmeiras vai encarar outra história, com Diego Tardelli, Diego Souza, Daniel Carvalho, Réver e Obina.