domingo, 14 de novembro de 2010

Fora do Divã: Prejuízos e Lucros

("É que quando eu cheguei por aqui eu nada entendi
Da dura poesia concreta de tuas esquinas
Da deselegância discreta de tuas meninas
" SAMPA... Caetano)

Enquanto eu estava na (ou indo pra) "Capital das Capitais", cumprindo compromissos acadêmicos, passaram-se dois jogos que não vieram para o Divã. O da Sula, em que fomos eliminados e a grande goleada de ontem, no Brasileirão.

Pois bem. Quando eu estava me preparando para ir, o Galo já estava lá. E complenas chances de trazer pra Minas um grande triunfo. Perdi uma boa parte do primeiro tempo, mas, pelo que ouvia da tv, parece que a coisa não estava difícil, mas sofríamos com a desorganização no ataque e as pancadas que o Berola andou levando. No segundo tempo, ao passo que deixei de prestar tanta atenção para fazer qualquer tipo de análise mais consistente, o time do Galo parece que também caiu em renúncia. Deixou de jogar bola e querer vencer. E foi aí (arrisco-me a dizer, SÓ aí) que os porcos conseguiram a vitória.
Que a escolha pelo Brasileirão em prol da Sula já estava feita há muito tempo, todos sabíamos. Mas é sempre bom questionar. E, tomando como exemplo a outra quarta-de-final brasileira, composta por dois times da degola e considerando a fraqueza e bagunça do alviverde paulista, não caberia um esforço a mais do time? Algo para superar a obrigação de permanecer na primeirona pagar um pouco da dívida que têm com a torcida, tentando o título da Sula? Já era... perguntar sobre o que foi é fácil. Então, fico com o que tentei ponderar dias atrás. Tomara que tenhamos pelo menos um ganho secundário, com os porcos reservas facilitando a vida (como fizemos com eles e como eles fizeram hoje com o xará-GO).
Mas o dia bom mesmo foi o de ontem. Com tudo que temos direito. Vingança do ano anterior, goleada em casa, bom futebol, gols de ambos os matadores, gols da eterna-jovem-promessa que ora anda, ora desanda.
Teve gente na tv que ainda soltou a piadinha, dizendo que finalmente o Luxa ajudou o Galo a sair da zona. Vale a graça da piada. Mas não procede. É impressionante o quanto o fexô realmente está obsoleto e não se atualiza. A mim ficou a impressão de que o "treinador" rubro-negro esperava encontrar aqui aquele bando de desorientados cuja única semelhança com um time era o uniforme, tal qual ele deixou rodadas atrás. Desconsiderou que, no lugar daquilo que ele plantou, outra coisa cresceu, graças às mãos hábeis de outro que, sim, tem-se mostrado cada vez mais competente.

Excluindo-se os primeiros 15 minutos de cada tempo, o Galo dominou, fez o que quis e humilhou o adversário. Destaco o posicionamento da zaga (acrescentando que, sempre que ela ajuda, o trabalho do Zé fica bem mais fácil), a articulação do meio campo, apesar de ainda faltar brilho nas jogadas do Diego Souza e na presença de Renanzim e Obina. Tardelli jogou bem, mas ainda poderia ser melhor saindo menos da área. Óbvio que isto tudo que vimos em campo tem todos os dedos do Dorival Júnior que, neste jogo, ainda teve o mérito de só ter feito boas mudanças. A entrada do Ricardinho foi perfeita. Na concepção, as outras duas também, embora na prática os substitutos não tivessem rendido o quanto se esperava.

Mas o que eu não esperava mesmo era uma goleada, era lavar a alma deste jeito, contra aquela ave fétida e indigesta.
Mas a guerra continua. Esta rodada não nos ajudou na grande maioria dos resultados - Vitória do xará-GO, Avaí e Goiás. O empate entre Vitória e Guarani talvez tenha sido o que houve de melhor no domingo.
E, por falar em fétido, voltemos a Sampa. E que desta vez, mostremos quem manda naquele chiqueiro.

9 comentários:

Jason Urias disse...

E eu que achei que vc tinha ido pra sampa pra, finalmente, cumprir sua promessa de martírio e torcer para as meninas.

Bom, a falta no divã do jogo de sábado é minha. O Gus mandou msg avisando a ausência. Apesar de assistir ao jogo e rabiscar umas linhas pro GnD, a cachaçada de sábado e ontem me tiraram de combate.

Acho que a goleada só não foi surpresa para o Daniel, que 'dinorahzou' a goleada.

O que mais chamou minha atenção foram o excessivo número de passes errados. Pensei até que pudesse ser por causa do jogo 'contra' o luxa e tal, mas este problema não é novo.

Me impressionou, também, o mau jogo do Serginho, que estava muito desorientado. O time também se mostrou desorganizado, mas depois do primeiro gol acho que os caras acreditaram que era possível, que o urubu estava tão mambembe quanto nós e que "tinha caixa pra mais".

O primeiro tempo foi de um galo desorientado, errando passes demais e dando chances para o fla ficar rondando a área. Mas, num chute do Renanzim, gol de centro avante. Obina aproveitou o rebote do goleiro e deu um 'chambão'. No segundo gol, passe de armador do obina e aí o renanzim aproveitou a saída espalhafatosa do goleiro e guardou.

No segundo tempo eu tive a certeza (se é que era preciso alguma confirmação) de que o Luxa não conhece(ia) o time do Galo. Suas substituições deram alguma força ofensica ao urubu, mas abriu as pernas lá atrás. O leandro, que fez boa partida, aproveitou (e poderia ter aproveitado muito mais) os espaços e apareceu muito por ali.

Os cariocas foram para o 'abafa'. O meio-campo do Galo tinha dificuldades pra jogar e a zaga tava na base do chutão. Pra piora, o Diego Souza não jogava bem e o Rafael Cruz, bom, esse aí não tem jeito.

O DJ sacou a dificuldade e colocou o Ricardinho em campo. A mudança fez toda a diferença. Ele arrumou o 'pedaço' e o ataque voltou a jogar, por assim dizer.

Mais dois gols pra matar o jogo e dar um golpe no ego do Luxa.

Agora é esperar do palmeiras a retribuição do favor na sula. Vencer Palmeiras e Goiás é excencial para não descer ao inferno mais uma vez.

Fredy7L disse...

por pouco nao acertei o placar, mas o fla tinha caixa para mais, quando o Galo tava saindo mal para o ataque no segundo tempo já estava esperando o DJ por o Little Richard em campo, na hora falei vamos golear hoje - batata, mas dois gols e poderiamos se quisessemos fazer mais (já imaginaram ele no jogo com as marias??).Para coroar a noite, foi muito bom ver os olhos inchados de choro do Perrela e do Cuca - bom acho que todos sabem que esse mesmo arbitro marcou um penalti igualzinho no jogo das marias sem contar os impedimentos onde poderiamos ter feito 5 a 0 no primeiro tempo. Então se mostraram muito mal agradecidos com o sandro, ele apenas mostrou ser um grande arbitro, tem critério, se vc pousar a mão no jogador e ele cair é falta pode ser um toque de mosca mas se cair na area é penalti! então marias vai chorar na cama que é lugar quente.

Daniel Martins disse...

"Acho que a goleada só não foi surpresa para o Daniel, que 'dinorahzou' a goleada."... Sempre confie na verificação de palavras xD

Anyway, o jogo foi bom, e poderia ter sido bem melhor.
As desorientações no galo no início de cada tempo mostraram que o Galo aprendeu, com o DJ, a suportar pressão. Com o luxa teríamos levado 2 gols em cada início do tempo..

A entrada do ricardinho foi perfeita, tanto que arrumou o meio e permitiu os dois gols seguintes. Depois disso era correr pro abraço, porque o flamengo não tinha condições de virar.

Alá luxá! Não era o time, era tu mesmo.

Beth Souza disse...

Hello, Gus. It's so nice to have you back where you belong...
Ainda não dá para respirarmos aliviados, mas o jogo lavou a alma. E espero que as bicadas tenham avariado de vez as asas da "ave fétida e indigesta" e ela despenque pelas tabelas.
Apoio o DJ quando ele optou pelo Brasileiro. Não temos time para manter duas competições simultâneas, ainda que a sula, aparentemente, esteja um pouco mais fácil. Uma entrada desajeitada e adeus Obina, Ricardinho, Tardelli. E que o porco se cuide. O galo tá adorando meter 4.

Tom disse...

Tá tudo muito bão, mas temo que continuar ganhando, principalmente a próxima!

Tom disse...

Esta foi uma vitória de alguns jogadores contra o Luxa.
Vamos ver se contra os filhotes do porco terão a mesma atitude.

Breno disse...

Pegando algumas caronas cotidianas e devido a minha ausência televisiva vai aí umas cutucadas, ou melhor, bicadas parafraseando Beth.

Hoje nós somos o Tiririca tendo que provar que não somos analfabeto para merecer o "cargo"/vaga em um lugar respeitoso. Mas porque lugar respeitoso?

Não estão vendo que o circo já está armado? Não percebem que somente um triunfará em dizer que no seu centenário teve o título nacional?!

O que há demais xingar em momento de desconforto onde são nos tomados pontos onde que é claro a interferência daquele que deveria passar totalmente a despercebido.

Pois é, enquanto isso façamos nossa parte e espero que não tenha tido acordo entre Galos e porcadas, pois eu vi um galinho alá carijó, e agora? É a vez deles? Não quero! Não precisa! Temos que simplesmente fazer aquilo que tá sendo pago - JOGAR COM RAÇA.

Finalizo a moda Gus, nas palavras de Ivan Lins

"(...) Somos todos iguais nesta noite
Pelo ensaio diário de um drama
Pelo medo da chuva e da lama
É o circo de novo..."

E que nossa Massa escute Dorival em seus pedidos:

"Pede a banda
Prá tocar um dobrado
Olha nós outra vez no picadeiro
Pede a banda
Prá tocar um dobrado
Vamos entrar mais uma vez..."

Amplexos,

Dois disse...

Nem tudo é prejuízo, o Serginho tá jogando tudo e mais um pouco!!!

--http://noticiagalo.blogspot.com

Afonso Pena¹³ disse...

Ressaltaria a competência do afro-beckenbauer Zé,

ABSOLUTO.