quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Galo no Divã: Temporariamente fora do ar.... (IAPE 2 x 3 Atlético MG)

Interiooooor é dose. Pior do que o do Maranhão.
O calor vem derretendo e quando a gente pede por chuva, o pior acontece. 10 min de tempestade e 5 horas sem energia elétrica. Isso significa que não vi o jogo. E nem ouvi, porque até a rádio deixou de funcionar.
Então deixo o espaço para que vocês me expliquem o que aconteceu ontem... (o que considero um tropeço, apesar da confusão do segundo gol maranhense).

12 comentários:

Fredy7L disse...

Olha o Galo começou até bem fazendo o gol, mas o IAPE não aparenta ser tão bobo assim, deu bastante trabalho. O destaque é o juiz que no primeiro gol não deu uma falta clarissima no Renan Ribeiro e depois no segundo gol apitou o impedimento e depois deu o gol ( quem fez realmente nao estava,mas havia um jogador que correu atras da bola que estava impedido. Bom o time perdeu as estribeiras e desandou... meu medo é esse pois cruzaremos com o flamengo nas quartas possivelmente e vcs sabem, prá ganhar tem que fazer 5 gols pois 4 serão anulados. Depois o time voltou mais atento fez o empate e depois o dorival mexeu no time e perdemos algumas chances, conseguimos a vitoria e quase eliminamos o jogo, agora os maranhenses viao passear em sete lagoas, bom prá mim que estou de férias em seven lakes, e conferirei em loco o "clássico das multidões" e depois o massacre do iape ( agora quero 10 a 0).

Flay disse...

Também não assisti ao jogo devido à falta de energia elétrica que, aliás, não havia sido restabelecida até hoje 6 da manhã. Apesar de ter vencido, o Galo tinha a obrigação de eliminar a partida de volta, visto a inferioridade do adversário, por mais que este endurecesse o jogo. Enfim, aguardemos os próximos capítulos da saga 2011 do Galo, de preferência com final(is) feliz(es).

Breno disse...

Pois é... antes se aqui tivesse acabado a luz também, porque foi um apagão Geral...

Dorival resumiu tudo: Arbitragem ruim e time mal.

6 minutos e um gol parecia um baile que se iniciava... e foi.. com um passe pra cá outro pra lá... digno de quem não sabe dançar e com medo de fazer o feio, faz o básico.

Lances polêmicos? Sim!
Mas onde estava a superioridade? Tardelli, fale menos e jogue mais. Cadê o recorde de Obina?

Nota para o time:3
Nota para o Dorival: 10 que não comemorou o gol de empate... adoro esse cara.

Tinha feito minhas análises individuais, mas acho que até o blog ficou com medo e deu pau.

Preguiça não me permite escrever novamente.

Gus/Flay, não liga não porque também faltou energia no time do Galo e muitos tiveram apagão!

AFF!!!

elianA disse...

O interior de vocês é pior que o meu pois aqui, fora uns piques, não faltou energia. Agora, ganhar apertado de um time do interior do Maranhão, que tem um goleiro com nome de escritor francês e um atacante com nome de cientista louco (vide As aventuras de Xisto), que ainda por cima faz dois gols, é o fim. Gostei não. De bom a estrela do DJ que mais uma vez acertou na substituição, colocando o improvável Ricardo Bueno.

Tom disse...

Eu assisti, mas não vi.

Daniel Martins disse...

"De bom a estrela do DJ que mais uma vez acertou na substituição, colocando o improvável Ricardo Bueno."
De acordo, eliana.

Quem não tem estrela sou eu! Chegar da facul e abrir o canal na internet sai o gol do Iape...

Times ruins, árbitros ruins, aquela velha sensação ruim de que não vai dar certo...

Jason Urias disse...

Vi uma pequena parte do jogo e, disso, vi um Galo irreconhecível. A zaga numa bagunça medonha, Magno Alves e Tardelli numa preguiça de dar medo.

No segundo tempo parece que as coisas melhoraram, como já foi dito.

Breno disse...

Sei não Jason,

Não vi melhora nenhuma, pois levando a qualidade péssima do adversário.
Apenas um gol na saída de bola do segundo tempo e mais tarde outro decretando a virada, mas mesmo assim a desordem se manteve e DJ com um pensamento único: Ah se fosse na época dos meus moleques...

Gus Martins disse...

É, Breno, mas ano passado os moleques do DJ também vacilaram na primeira rodada. Então, como disse o fredy, que no jogo de volta a gente faça logo 10 de uma vez!

Breno disse...

Sim Gus,

Mas como disse Felipão depois da vitória do Palmeiras que não eliminou o jogo de volta: Eu terei o trabalho de escalar o time, treinar, mas quem vai cansar são eles, ou seja, que ganhe de 1 ou de 10 teremos um desgaste desnecessário e não será vibrado por mim por tal vitória.

Afonso Pena¹³ disse...

Hans Müller foi dose....

Tom disse...

Resumindo o q eu disse acima: o time imaginou q ao pisar no pasto já estaria ganhando de dois a zero. A defesa rapidamente tratou de destruir este sonho.
Após isto uma estupefação apoderou-se de todos , jogadores e torcedores, e assim presentou-se a torcida migrante para o desfecho na estrada de 7 Lagoas.