quinta-feira, 7 de abril de 2011

Galo no Divã: Atlético MG 0 x 0 Grêmio Prudente

É, a  Dinorah não conseguia ver gols do galo em sua bola de cristal.
Renan Ribeiro: Não foi exigido.
Rafael Cruz: Parece aquelas caveira de tirinha do Penadinho (não tem futebol, então qualquer comentário serve).
(Patrik): Não foi pior que o outro porque não tem jeito.
Rever: Irresponsável.
Leonardo Silva: Infantil.
Guilherme: Jogou bem no primeiro tempo e sumiu no segundo. Seu problema foi a afobação para definir.
Filipe Soutto: Jogou bem, apesar do nervosismo. Ajudou a fechar a zaga (apesar da pouca ameaça).
Serginho: Steven Segal.
Jakson: Fez o feijão com o arroz pro time.
Renan Oliveira: Morreu e esqueceu de cair.
(Neto Berola): Cai cai dos inferno. Por que não quebra o braço numa destas?
Magno Alves: Jogou pouco. No primeiro tempo. Não entrou no outro.
Ricardo Bueno: Manteve o nível.
(Mancini): Deu um chute. E só.

Dorival Júnior: Escalou mal e substituiu pior ainda. Repetiu a escalação que só ganha do Democrata e trocou 6 por meia dúzia na lateral. (E agora vem me dizer na coletiva que ganhamos o espírito que queríamos). No coments.

Kalil: Despreparado.

O jogo começou com o óbvio. Time atrás no placar, precisava pressionar. Mas a necessidade era de ter competência para marcar logo ou disposição para pressionar o quanto fosse necessário. Não tivemos nem uma coisa nem outra. Após 15 minutos, veio o lenga lenga de sempre. Finalizações bizarras, nenhuma jogada armada pelo meio campo, insistência na lateral direita que não funciona, etc, etc.

O segundo tempo foi pior ainda. Como sempre. Quando a coisa apertou, pois o tempo parecia caminhar ainda mais rápido, duas faltas bobas e desnecessárias foram  merecidamente punidas. O time com 9 tentou passar uma falsa imagem heróica de superação. Nada disto. O futebol continuou péssimo e tudo o que pudesse ter acontecido de diferente seria em função da fragilidade do adversário. O que dizer de um time cujos jogadores de frente ficam 4 vezes na frente do goleiro e chutam pra fora? Que, da intermediária, batem uma falta para lateral? Este é o time que tirou o Galo da parada.

Para a nossa sorte (e para o azar dos cegos de plantão), o bandeirinha acertou. No chute, mas acertou. O Réver estava um cabelésimo impedido. Se fosse dado o gol, mais uma vez o resultado apagaria muitas críticas. Se o bandeira tivesse errado, seria mais uma desculpa para esconder tudo o que tem acontecido no Galo nos últimos dias... semanas, décadas.
Será que ainda tentarão esconder algo mais?

42 comentários:

Tom disse...

ô Gus, quiz tuites são estes aí emcima?

Tom disse...

No mais, tá tudo de menos.

Gus Martins disse...

Hehehe... já que me zuaram por causa da minha última Dinorahda, quando disse que o galo ia perder o primeiro jogo, dessa vez não perdi tempo.
Twittei hj de tarde que não levaríamos gol. Mas...

Tom disse...

O q prova q o Galo é um time democrático, qdo leva faz e qdo não leva não faz.

Tom disse...

Afinal deram no juiz ou não deram? Quem bateu? O Kalil? Adriana Branco? D. Lenir? João Segurança? Já ví o #Galo ser roubado, mas não hoje.

Zé Carlos disse...

Concordo com tudo q vc escreveu, exceto o derradeiro parágrafo: um cabelézimo não é impedimento, é mesma linha e mesma linha tá habilitado. Já fomos eliminados tantas vezes merecendo seguir que não me incomodaria nada seguir sem merecer uma vez... e mesmo sem merecer vencer fomos roubados... "again, as usual"

Breno disse...

É de tirar todas as esperanças, olha que não restavam muitas. Mancini na entrevista final disse: Mais um ano perdido! Vocês tem dúvida de alguma coisa?

Como ele já deu o ano como perdido, eu também o seguirei, ou seria melhor curtir o que ele disse? Desde então não assisto mais jogo do Galo esse ano. Modo radical ON!

Amplexos,

Tom disse...

Esta fala do Mancini é emblemática sobre o q esperar de ex jogadores em atividade.
Para os torcedores o ano está perdido, mas para ele o salário está garantido.

[mute]™ disse...

Eliminiações vexatórias e campanhas abusrdas não é nenhuma novidade para mim; o que eu não consigo compreender é o planejamento tomado (e executado) nesse ano. Para quê contratar e montar elenco, se no fim o que o pessoal gosta é de ver jogador ruim dando chutão - em tudo e em todos - e lamentando revezes como sempre?

Melhor fechar as portas. (E eu vou ficar aqui secando os Lakers...)

dmbef_ disse...

"Ricardo Bueno: Manteve o nível." [2] sahushauhsua

O galo não levou gol de um time que não queria fazer gol... que vitória!

Daniel Martins disse...

dmbef_ = eu, novamente...
Demorei 2 horas pra entender o lakers do do [mute], se é que entendi. D:

(mais ou menos) como falaram na itatiaia, "porque o DJ não tirou o Bueno logo no intervalo? Tirar o moleque no início do segundo tempo, pra ser vaiado?"

Melhor! Porque ele ainda está no galo?

Pelo menos o DJ não veio ficar enchendo saco com papo de arbitragem, mas essa de "a garra voltou", sei não. O galo jogou contra si mesmo. Perdeu de si mesmo. E só quando se superar poderá pensar em algo. Se, por erros nossos, levamos gol do Democrata... que esse mês até o brasileirão demore...

Gus Martins disse...

Zé Carlos, até concordo com a "legalidade" da posição. Mas não com o roubo. Se errou, tá perdoado por essa margem mínima do erro. Mas surpreende o fato de que, geralmente, com outros times grandes (que também nem é mais o caso do Galo) o juiz/bandeira apita pra casa né. (Talvez isto nos leve pensar em alguma má intenção).

Mas se tem alguma coisa que o juiz fez pra prejudicar, foi a diferença de critérios nas faltas. Desde o primeiro tempo, eles batiam e não era nada. Limou muito o jogo.
Mas, nem uma coisa nem outra valerão jamais como desculpa. Se o Galo se classificasse, eu ficaria envergonhado (ou até indignado), porque não mereceu.

Flay disse...

"Prudência e caldo de galinha não fazem mal a ninguém." Não fiz como o Gustavo, registrar meu palpite, mas desconfiei que seria um OxO. Mas o pior foi acompanhar no minuto a minuto o Renan Pé de Azeitona e o Lerdonardo Silva distribuindo pancada pra todo lado. Nos tornamos o que mais abominávamos. Um time que, sem conseguir superar as próprias limitações, se irrita e se perde frente às dificuldades e a falta de gols. Permanecendo esse panorama o futuro do Galo não será menos que sombrio.

elianA disse...

Se isso não é o fim do poço... mas, em se tratando do Galo, não me surpreendo se desafiarmos a lei da Física.

Breno disse...

Flay, discordo de você. Renan Pé de Azeitona não distribuiu pancada não, ele tomou pancada da bola. O cara não conseguia dominar um bola. E Rafal Cruz (credo)? Que que é aquilo? Embora ninguém encostava nele.

Agora entendo Kalil e dou razão. Aqui no Atlético tudo é mais difícil: Ser Lavadeira é mais difícil, ser Treinado, jogador, diretor é mais difícil. E como estou procurando sempre simplificar as coisas, desisto dessa babaquice até que se demonstre algo de diferente, pois ao meu ver até ser torcedor do Galo é mais difícil.

Flay disse...

Pode ser, Breno, que ele apanhou da bola, mas a verdade é que o que dói mesmo são nossos olhos, com esse futebolzinho fajuto. E, realmente, é mais difícil ser torcedor do Galo e ainda mais difícil será continuar torcedor do Galo. Demos uma chance, agora queremos que eles façam por merecê-la.

Gus Martins disse...

O Hebert anda muito sumido daqui. E até isso me faz ter péssimas lembranças. Um episódio singular na sala de aula em que eu e Jason nos deparamos com aquela figura até então da maior pacividade explodindo em ódio mortal por insistir em sofrer com este time alvinegro. O cara estava irreconhecível e, com aquele tom de raiva, rancor e saudosismo, falava dos tantos desastres que acompanhara do Galo mesmo nos bons tempos.
Mas este fato singular aconteceu logo após a eliminação do Galo, também pela Copa do Brasil, mas para o Ceará, time então da segunda divisão.
O ano foi 2005, que terminou do jeito que todos sabem.
Aliás, o discurso da diretoria na época era que o Sr. Agnes Guimarães prometia morrer abraçado com o Tite.
O RG sobreviveu, o gaúcho também. Quem ainda não ressucitou foi o Galo.

Tom disse...

Torcedor que pede o Gilberto Silva e critica Kalil é no mínimo paradoxal.

Tom disse...

Se o Kalil não rever seus conceitos sobre o futebol estaremos além do fundo do poço.

Flay disse...

Ai, ai...
http://esportes.terra.com.br/futebol/estaduais/2011/noticias/0,,OI5052639-EI17146,00-Dudu+Cearense+esta+perto+de+acerto+com+o+AtleticoMG.html.
Tudo bem que é notícia do Terra, mas mesmo assim assusta.

elianA disse...

Parece que é certo, e, assim como o Guilherme, só joga no brasileirão, sem contar outros que devem vir por aí, ou seja, novamente vamos entrar com um time totalmente diferente daquele que disputou o mineiro e a copa do Brasil.

Rodrigo disse...

Como disse o rei dos trocadilhos, Mauro Beting: não basta afastar quem está de mal com o técnico, também tem que afastar quem está de mal com a técnica.

Tom disse...

Emanuel Carneiro disse: " o Galo perdeu de 0X0", simples assim.

Gus Martins disse...

Eliana, voce falou que eles so vão estrear no brasileirão. Mas isso vale pra todos. Porque agora não tem Copa do Brasil mais.
E se alguém citar o Mineiro como CAMPEONATO, eu me mato.

Tom disse...

URGENTE!!!!!!
Especialistas em Galo junto a vários OUTROS potoqueiros especulam dois "reforços" de últíssima hora: Fahel e um tal de Marquinhos Cambalhota que viria diretamente do Japão para este tsunami Atleticano.
Cambalhota seria o terceiro na linha sucessória, após o Caio e o Alexandre, ambos Cambalhotas também.
Fahel, cria do Coelho martiriza faz algum tempo a torcida da estrela solitária seja jogando não só de 5 mas também de zagueiro.
Também leio fortes manifestações para a volta do Gilberto Silva. Depois do Mancine só faltaria repatriar o Dede.
Em tempo: Lincoln não tem interesse em sair do Palmeiras por enquanto. Ufa!

Tom disse...

Diretamente da Grécia chega amahnhã o Dudu Cearatopoulus que saiu daqui em tenra idade e a rigor não jogou em nenhum time que preste.

Tom disse...

Resumo da Ópera: mais uma baciada pra gente se esbaltar: ÊH Galo!

Tom disse...

Por fim ea única contratação que por assim dizer "vingou" na era Kalil foi a do Tardelli que se deu graças ao técnico Leão.

Daniel Martins disse...

Segundo o globo esporte, no vídeo análise da arbitragem, o gol era legal.
Qualquer bandeirinha teria, na dúvida, validado o gol...

Não acho que a vitória mascararia o momento do galo, a sequencia na copa do brasil, mesmo que eliminado na próxima rodada, seria uma boa oportunidade pra botar essa gente nova pra jogar.

Técnica é importante, e falta no galo, mas um time entrosado, com sequencia e tempo de jogo, também.

Breno disse...

O que eu gostaria de ver mesmo, independentemente do que irá acontecer, é do Galo parar de contratar e montar um time.

Não vou ficar analisando com um e outro não. Mas chega dessa alta rotatividade. Se ao menos viesse alguém que prestasse!

elianA disse...

Futebol nunca foi ciências exatas e ficar dependendo de tecnologia de ponta pra vencer um prudente da vida é fogo.

Gus Martins disse...

Estou me convencendo de que as contratações em si não são a maior parte do problema. De Nilson Sergipano a Diego Souza, tínhamos muito para dar certo, mas não anda. Acho que há algo de mais podre nos bastidores da administração e dinâmica profissional que contribui para os bons não jogarem nada. E os ruins, menos ainda.
Sei não... vou amadurecer isto.

Breno disse...

Futebol por si só é podre - nós é que tentamos com nossa paixão buscar a lasca que ainda resta de bom.

Mas se o salários está em dia, o CT é dos melhores, na minha opinião, nada poderia afetar aos jogadores e comissão técnica, pois eis o motivo para que são pagos.

Mas também não sou asno cego, para acreditar que não há nada de ruim acontecendo ainda mais no ano que antecede eleições presidenciais.

Assim no futebol como na política se for preciso vender a mãe para assumir o poder, será feito sem remorso.

Mas acho que chega já de tentar tampar o buraco da cárie com pedaço de chiclete, a dor só aumenta!

Gus Martins disse...

"Depois do brasileiro perdido em 2009 eu desisti de vez. Não sabemos ganhar, nunca soubemos e duvido que um dia saberemos".(Herbert, por e-mail).

Tom disse...

Pois é,estou muito perto de concordar com o Herbert.
A coisa mais triste do mundo para quem teve o futebol como único esporte praticável na infância e ter atualmente apenas um time para continuar mantendo esta paixão é também chegar a esta dura prova de realidade.
Acho q ainda resisto um pouco mais, porém confesso, estou morimbundo.

Tom disse...

OPs da mesma forma que não é memdiMgo , tb não émoriMbundo e sim moribundo, é o q estou.

Tom disse...

http://is.gd/G5cTUD
Matéria do Uol : Com Kalil, Atlético-MG contrata quase seis times em menos de três anos

Merece um post heim Gus.

Zé Carlos disse...

Alguém aí sabe onde eu consigo o King Crimson em cd? O meu vinil tá muito arranhado e não presta mais.
Mais saudade que do rock progressivo só do time do Galo quando jogava bola.

Gus Martins disse...

Zé Carlos, você quer os originais? Se tiver em BH, vai gastar uma boa grana na galeria pç 7.
Se já está sem pudores como eu e aceita baixar pela net, mande um e-mail no futebol.freud@gmail.com que, quando eu estiver no meu computador original, te mando o arquivo torrent de onde baixei todos.

Tom, naquela entrevista que tá no post abaixo, o AK disse que tem time que contrata 100 por ano e que o que ele faz no Galo é normal.
Enganou alguém?

Tom disse...

Ze´Carlos procure na Acústica ,aqui em BH, tem o site na net - google . Lá o preço ébom e eles buscam tudo.
Kalil delira Gus, dorme pensando que é Deus e acorda tendo certeza.

Tom disse...

Zé Carlos: http://www.acusticacd.com.br/

Breno disse...

Hoje estou com a macaca! E por falar em símio, é de tirar o fôlego essa possível contratação de Marquinhos Cambalhota. Vindo das terras do sol nascente, onde futebol lá não é o forte, chega como promessa de fome de gol.

Uma coisa eu sei... está chegando um X-man vindo direto de Sendai.

PQP é uma falta de sacanagem isso, atacante de 34 anos. Hão de me fazer acreditar em um título esse ano. O troféu MICO do ano!

Palhaçadinha! Quero Gil brother como presidente.