domingo, 15 de maio de 2011

Galo no Divã: Cruzeiro 2 x 0 Atlético MG

("Perdi mas uma vez
Agora quero prosseguir em paz
Tanto que falei, voltei
Mas obrigar jamais
Fazer o que eu fiz
Nem adianta contar
Tudo de bom pra você
Eu desejo porque
Sei perder e ganhar
")

Lembra quando a gente pedia um choque de realidade no primeiro clássico e não veio?
Lembra quando a gente falava que o time não é lá essas coisas, que a mentalidade ainda nem de longe é vencedora?
Lembra quando reclamamos semana passada que o saldo foi insuficiente e que o favoritismo ainda estava do lado de lá?

Renan Ribeiro: Não defendeu as indefensáveis.
Patric: No jogo em que tinha que mandar a torcida calar a boca, não o fez.
Réver: Deu carrinhos temerosos e por pouco o pior não veio antes.
Leonardo Silva: Esteve bem na zaga, mas comprometeu demais nos lances em que esteve no ataque.
Guilherme: Muito bem no setor defensivo e fez falta quando saiu.
(Bernard): Mostrou que se tivesse de titular, sua vontade e técnica poderiam ter sido úteis.
Filippe Soutto: Bem como sempre e não se desesperou em momento algum.
Serginho: Exagerou demais no primeiro tempo teve que segurar o pé até não ter mais jeito.
Renan Oliveira: Quantas chances ainda terá?
(Leleu): Tentou infernizar a vida da zaga, mas sem nenhuma objetividade.
Giovanni: Movimentou muito e criou pouco.
Mancini: A única coisa que fez foi jogar fora toda a boa atuação anterior.
(Richarlysson): Teve que jogar em várias posições. Foi bem na defesa e péssimo no ataque.
Magno Alves: Perdeu a chance de ser incontestável no time.

Dorival Júnior: Apostou na velha aposta e começou a perder o jogo na escalação. Depois teve que corrigir a bobagem, queimar um amarelado e um contundido. Ou seja, não fez nada.

O primeiro tempo foi descrito pelo Jason aqui.
Discordo apenas de uma coisa: Embora realmente as marias tenham atacado muito mais, elas foram tão incompetentes quanto nós. Eu dizia durante o jogo que a disputa em questão era pra ver quem perdia o título primeiro.
Acrescento que nosso setor defensivo abusou de jogadas duras dentro da área e o risco de uma penalidade era muito alto. Não sei como não aconteceu.
A semana toda foi feita de promessa de que o time não jogaria pela vantagem, que iria pra cima e tentaria a vitória. Quem comprou esta promessa, pagou caro! Aliás, nossa torcida sempre paga caro.

O segundo tempo ficou ainda pior. O jogo ruim do Galo se manteve, mas o adversário partiu pra cima com um pouco mais de qualidade. Continuamos acuados na defesa saindo com chutões que não davam em nada. Em um único e decisivo lance, Magno Alves inventou demais e jogou o título no lixo. Claro que, em um péssimo segundo tempo da primeira final e um segundo jogo inteiro ruim, não dá pra cruxificar o Magnata. Mas é inegável que um gol naquele momento mataria o outro time e que a perda deu uma moral enorme pros cruzeirense. E o reflexo foi praticamente instantâneo. Um ataque depois, o Walisson arrumou mais um chute de seu repertório e finalmente venceu nosso goleiro.
Pra quem ainda não tinha feito nada, não dava pra esperar que fosse conseguir tudo de última hora. O final do jogo mostrou a postura condenável de time pequeno que sempre criticamos. De uma retranca inútil, tentou partir com tudo prum ataque desorganizado. O óbvio novamente aconteceu. Contra-ataque, falta, expulsão, gol. Fatura liquidada.

O único mérito que vi dali em diante foi que os meninos não perderam a cabeça e a esportiva. Continuaram jogando - mal, é verdade, mas com vontade. Se houver algum espírito para se preservar pro brasileirão, que seja este.

Ganhou o time que É melhor. Pode não ter sido tanto assim no jogo, mas defendi que nossa defesa precisava sempre se superar para termos chances, como no último jogo. Neste não. O time ficou escondido, com medo, sem iniciativa e favoreceu que o outro lado crescesse, como não tinham feito desde o primeiro jogo.

No fim das contas, sem inspiração, sem futebol e sem vitória, só me resta culpar a cachaça. Não pelo excesso, mas desta vez pela falta. Acho que o Galo perdeu porque não bebi nada.
Até agora.
Então, fico com a cerveja e com mais samba...

("Felicidade há de voltar para mim
Vou me livrar da tristeza
Com toda certeza
Um dia ela pode ter fim
" Paulinho da Viola)

45 comentários:

Gus Martins disse...

Xo ser o primeiro a cornetar a mim mesmo.
Não falei isso, mas lendo as twittadas do Marcelo do Copo Sujo, tenho que lembrar aqui.
Concordo que o Galo de hoje (na verdade o de semana passada) é bem melhor do que o que jogou grande parte do campeonato. Melhor tecnica e taticamente.
Ainda não corrigiu a postura e a mentalidade.

Tom disse...

Digerindo ainda.....

Rodrigo disse...

Jogar contra times retrancados, partindo no contra-ataque, é a especialidade desse Cruzeiro. Visto o excelente desempenho no rural de em casa na Libertadores. Quando o adversário marca na frente e ataca sem piedade,a história é outra. Visto o Once Caldas e o time de vocês, no primeiro jogo da final.

Gus Martins disse...

Isso porque a zaga e as laterais de vocês são péssimas, na mesma proporção que o ataque é bom, Rodrigs.
Mas aí o Galo foi preocupar mais com o que não podia levar do que com o que podia fazer, e deu no que deu.

Ah, devo acrescentar. Finalmente, após 5 anos, tivemos uma final digna de clássico (que é a única coisa que vale no Mineiro). Até os 20 minutos finais, nada tava decidido. A gente vinha aí com um título que não valia nada (contra o Ipatinga), dois das marias decididos em goleadas absurdas e um do Decidido desta mesma forma.

Pelo menos teve alguma emoção esse ano.

Tom disse...

Ruminando......

Borusso disse...

Uma sociedade doente, uma imprensa lambe-botas em sua maioria e uma cartolagem esquisita e complexa.

Coach vaidoso, presidente enganador, diret. futb omisso.

Não sou tão trouxa de negar a superioridade technica da Raposa. Só queria levar em conta: q eles estavam abalados; o quadro q o Rodrigo mostrou; e ainda por cima, o CAM ciente de sua inferioridade, desfalca ainda + o elenco...?!??

Kd as insinuações lourdenses 2° as quais o Grecim 2000 e o Zé Luís eram desagregadores?

Daniel Martins disse...

O Galo melhorou, o suficiente pra bater frente a frente com o cru, mesmo eles tendo um time melhor.
Perdemos um título, mas diferente das últimas derrotas, lutamos(isso em contexto geral).
A garotada da base vem bem, agora é ver como o será feito a transição desse time e a incorporação dos novos jogadores.
Analisar o jogo separadamente, repito o que falei do jogo passado. A chave era dosar defesa e ataque. Nos dois, pecamos nisso. No primeiro não abrimos mais vantagem, no segundo, deu no que deu. Um erro básico, mas que ao meu ver não estraga o trabalho do Dorival.

Mas ainda me pergunto: Que diachos o Renan Oliveira fez em campo? Só isso que não engulo mesmo.

Tom disse...

Soliloqueando....

Tom disse...

Xingando, do Kalil ao ponta esquerda.

Gus Martins disse...

Bebendo...
hehehe

Tom disse...

Fumando....

Tom disse...

Defendendo o Copo Sujo do Galo no twitter.

Tom disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tom disse...

Não tô P. da vida com a derrota ou pelo título.
Tô P. da vida com a postura ou seria impostura?

Tom disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daniel Martins disse...

O Magno "fez caquinha" e perdeu, mas não foi penalty aquilo não? O tal do fábio foi com corpo e tudo pra cima dele o_o

Tom disse...

Relatarei meu périplo.
Sábado atrasado um amigo me prometeu uma feijoada para ontem. A dita cuja acabou saindo pra hoje e ai o Galo começou a perder o título.
O irrecusável convite me fez quebrar um círculo virtuoso de ritos e superstições q se revelaram vitoriosos a partir do jogo contra o America de T.Otoni.
E justo na final me aparece esta inquestionável feijoada.
Fui-me à ela com estomago obsecado e coração partido.
Os presentes: cruzeirense light e um flamenguista e respectivas senhôras.
Eles pouco estavam se lixando para o jogo.
Conseguí a duras penas que ligassem-me a tv.
De pé, junto com o flamenguista gente boa, percebi um Galo sem identidade. A identidade que vinha demonstrando nesta sequência dos últimos quatro jogos.
Maus preságios.
A responsa pesou. À todos.
O time é: três senhores maduros, um jovem adulto e sete meninos.
Cerezzo diz: 7 carregam 4, mas 4 não carregam 7.
Enfim, eu mais sentí do que ví o jogo.
Segundo tempo : puseram uma bebezinha dormindo no quarto da tv.
Foi ruim e foi bom (Não ví ainda o gol perdido pelo ancião).
Quando voltei a ver veio o gol que presenti em seu nascedouro ainda no meiocampo, com Mancine deixando de dar combate. Consumatum est.
Se não houvesse este convite fatídico possivelmente seríamos campeões.
Aí todas as nossas incorreções ficariam dispersas, nossos méritos superdimensionados e toda aquela velha história que a gente bem conhece de volta, como sempre.
Mas que tava boa a feijoada isto tava e que eu também bem que queria ser campeão eu bem que queria também.
Êh Galo!

Tom disse...

Poxa Gus, ambos nós dois quebramos o ritual.
Ps: gosto de ler o Gus - q é craque - depois q escrevo minhas asneiras.

gustin disse...

Dizem que quando a onça ta morta, todo mundo quer tirar foto com ela.
caros alvinegros, quero tripudiar não, mas tentei acessar o site com o windows explorer, nao consegui. tive que baixar o fire FOX. Gustavo citou o paulinho da viola no seu comentario, me lemprei do vinicius
"pra fazer um samba com beleza é preciso um bocado de tristeza senão não se faz um bom samba não"
Continuem a torcer pro galo, aproveita e faz um samba.

Tom disse...

"Fazer samba não é contar piada, quem faz samba assim não é de nada , o bom samba é uma forma de oração". Como o Galo, por ex.

Gus Martins disse...

A coisa tá tão de pernas pro ar que hoje até apareceram 2 marias por aqui. Ilustres, porém marias, hehehehe!

Embora o Tom já tenha dado a deixa, espero a Eliana pra fazer outra réplica ao irmão...

Gus Martins disse...

Ah, e "Se hoje ele é branco na poesia
Ele é negro demais no coração"... Vinicius sabia que o samba era alvinegro... (e o alvinegro dele sofre tanto quanto o nosso hehehehe)
Êh, Galo

Tom disse...

"Pois o samba é a tristeza que balança, e a tristeza tem sempre uma esperança, de um dia não ser mais triste não".
Êh Galo!

Jason Urias disse...

Eu acho que o dj tá insistindo demais com esse leleu que, discordando do gus, acho, foi uma substituição perdida. Não arrumou nada. Desde sua primeira aparição fiquei com a impressão de que é muito cai-cai. Hj foi a mesma coisa.

Não entendo a rixa do DJ com o Daniel Carvalho.

O Giovanni começou bem, mas pregou. E o Guilherme fez muita falta, msm.

Agora, justiça seja feita, o cuca matou o DJ deixando Tiago Ribeiro e Walisson segurando nossos laterais. E nosso treineiro não soube fazer desfazer o nó.

Tom disse...

O q aconteceu ao Guilherme ? Machucou? Vai ficar fora da estréia no brasileiro?
O DJ errou ao descaracterizar o que já começava a ser esboçado como o perfil do time: agressividade.

Flay disse...

Mais uma vez não assisti à peleja. Me restringi a algumas espiadas e consultas a meu pai, que acompanhava a partida. Fiz uma pergunta de praxe a quem assiste a um jogo de futebol: "Quem tá jogando melhor?" A resposta foi um presságio do inevitável: "O Cruzeiro. O Atlético tá só defendendo". Depois disso só vi o Magno "que desagradável" Alves perder aquele gol e voltei à minha birita. Com essa cabecinha e esse "futebol depressivo" o panorama pro Brasileirão não é dos mais bonitos. Precisamos jogar pra ganhar e não pra não perder.

Anônimo disse...

gente..na moral.. o titulo foi merecido pra elas...

Jason Urias disse...

Anônimo, gente não tá desmerecendo o título delas. Tamo criticando a postura do Galo.

O Tom resumiu bem aí em cima: o DJ abriu mão da agressividade e essa era a única forma de conseguir alguma coisa, como bem frisou o Rodrigo "Souto" aí pra cima tb. (A propósito, ô Rodrigo, alguém já te falou que oc parece demais com o Felipe? Ou ele conC, né, pq oc é mais 'antigo'... hehe)

Faltou ousadia, faltou qualidade no meio-campo (falar do Renanzim é chover no 'enlameado') e, principalmente, faltou o ataque. Seja pelo 'arregamento' do Magnata, seja pela covardia do Mancini que, ontem, correu da responsa. Esses ditos 'experientes' deveriam dar o exemplo para os mais jovens. Curioso é que ontem foi o contrário...

elianA disse...

'...Não tirei minha viola, parei, olhei, fui-me embora. Ninguém compreenderia um samba naquela hora.'
Quanto ao irmão Maria, uai, não tinha deixado de ser?

Tom disse...

Estou preocupado com o sumiço da #Carlinha.
Pq será q sumiu?
Se for tristeza, levanta a cabeça menina, ser atleticano é isto daí, se fortalecer a cada insucesso.
Aliás Nietzche se tivesse nos conhecido não teria dúvida q o "seu" super homem já existia.

elianA disse...

Deve ter ido jogar a camisa fora, tomar uma cachaça, jurar que nunca mais... Mas ela volta. A gente sempre volta. Atleticano sabe que o 'samba, então, nasce do coração'.

# Carliinha disse...

Jamais falem pensem isso de mim novamente? Nem uma da minha coleção sequer conhece a palavra lixo.
Achei que não teria mais o que falar, mas replicando aos últimos comentários...
Nem tristeza, nem raiva, ao Galo. (Atirem me uma pedra)No fundo eu já esperava, sempre, o Galo arrega, não sabe jogar decisões.
Tom e Gus, não foram só vocês que quebraram as tradições, além da péssima companhia de 5 marias,a ressaca que tinha que ser pra hoje veio ontem.
Enfim, essa semana eu não chego nem perto de qualquer tipo de noticiário. Só vou vir por aqui mesmo, que agora é meu refúgio.
Ôretrancadesgraça#

Gus Martins disse...

Hehehhe a criatividade do povo aqui tá cada hora mais aflorada. Bom refúgio nessa ressaca rsrsrs.

Anônimo, só pra reiterar o que o Jason já falou. Acho que ninguém que postou aqui desmereceu o título. E como tá no post principal, eu disse que venceu quem É melhor. E que seria diferente se o Galo se superasse, como fez no outro jogo.

Reclamo de ter perdido este jogo e da maneira como o time jogou. O título já vinhamos perdendo há muito tempo, por outros motivos que falarei daqui a pouco...

# Carliinha disse...

Ninguém desmereceu o título, usando a frase que é sempre a mais dolorosa, 'venceu quem mereceu'.

Outro ponto que eu esqueci de citar, será que não foi a falta de experiência em campo que determinou o modo de jogar dos nossos meninos?!Aposto que o Neto estava se remoendo ao ver o jogo e, ver que ele poderia ter feito tamanha diferença...

E finalmente a marcação foi acertada, pena que foi preciso time inteiro pra isso e o título.

Gus Martins disse...

A propósito... ontem o Neymar também errou um gol em que só estava ele e o goleiro do timão. Mas a postura do menino e de todo o time em campo foi outra né... O Santos não ganhou por acaso assim como nós não perdemos por acaso.

Anônimo disse...

com certeza era jogo pro neto berola... mas fazer o que...
O jeito é pensar que a base está boa,e os meninos são bons! Temos que acertar muita coisa ainda porque o brasileiro não vai ter só o cruzeiro de grande não. Mas sou atleticano, tenho fé!

Tom disse...

E o futuro, a quem pertence? (sugestão de post ).

Tom disse...

ah...o Lélio Gustavo disse hoje no programa q faz com o Chico Maia na BHNews (12 hs canal 9 da net) q o Kalil deve anunciar esta semana uma grande contratação e q não é o Predador.

Tom disse...

No mais elas foram as campeãs rurais em 2000 e Once.

Gus Martins disse...

Tom, esse foi o título de um pitacos pras 13 últimas rodadas do brasileirão de 2009, se não me engano. Aquele cuja imagem era a do Eddie Clairvoyant do Maiden heheheheh

Tom disse...

Como me esqueceria daquele post maldito onde vc premeditou de forma perturbadora todo o porvir.
O final então foi apocalítico.

Tom disse...

Não consegui achar o lance do primeiro gol na integra, desde o início da jogada, qdo um jogador delas avança sozinho pelo meio de campo e ninguém combate.
Alguém q supus ter sido o Mancine ( ví o jogo de forma fragementada)acompanha o lance como quem passeia num parque ecológico.

Jason Urias disse...

Se não foi o Mancini, Tom, a descrição lhe caiu como luva. Ele não esteve em 7L domingo.

Gus Martins disse...

Nem lembro mais do lance, mas não foi ele. Ele não voltou do intervalo. Assim como o Renanzim.

Borusso disse...

"No fundo eu já esperava, sempre, o Galo arrega, não sabe jogar decisões."

Discordo edgardianamente. O Galo é Campeão do Século XX[8)] na Revista Placar; em decisões até há pcos anos tínhamos 1 vntgem considerável sobre o adversário d anteontem.

O Alexandre Kalil, sim é que arrega em decisões.
Leva de 5:0, todo ano brinca d consertar avião em pleno vôo... Até sabe jogar, só q não quer.